Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 16/04/2014 11:36

Desempenho do Brasil na Copa influirá no crédito, diz Acrefi

Segundo a associação, o resultado pode incluenciar no crédito em até 3 pontos porcentuais, para cima ou para baixo.

Segundo a associação, o resultado pode incluenciar no crédito em até 3 pontos porcentuais, para cima ou para baixo

Consumidora fazendo compras em um supermercado do Carrefour no Chipre

Consumidora fazendo compras: "quando você está de bom humor, tende a consumir mais", disse o presidente da Acrefi

Ribeirão Preto - O presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimentos (Acrefi), Érico Ferreira, afirmou, nesta segunda-feira, 14, que a vitória ou a derrota do Brasil na Copa do Mundo influenciarão diretamente no crédito ao consumo, com variações de até 3 pontos porcentuais, para cima ou para baixo, sobre uma estimativa prevista de aumento de 10% para 2014.

 

"Se o Brasil for campeão, o crédito ao consumo superará 13% e, se não for, será 7% maior em 2014, ante uma previsão de 10%", disse Ferreira em coletiva online feita pela Acrefi. "Quando você está de bom humor, tende a consumir mais".

Já a alta na taxa básica de juros - com a Selic saindo de 7,25% para 11% ao ano desde abril do ano passado - "obviamente afetará o consumo financiado", mas tem um impacto menor que o da inflação, que, segundo Ferreira, "atinge diretamente o bolso do consumidor", afirmou, fazendo referência à diminuição do poder de compra.

"O patamar de inadimplência também não está ligado à taxa de juros, mas à situação macroeconômica".

Ainda sobre a inadimplência, Ferreira avalia que a facilidade de crédito foi o vilão da inadimplência no passado, mas considerou que o nível de calote "está num momento bem melhor que em 2012 e 2013", quando houve alta mais acentuada da inadimplência. "A expectativa para a inadimplência é favorável, diante da queda ocorrida desde o ano passado".

http://exame.abril.com.br/economia/noticias/desempenho-do-brasil-na-copa-influira-no-credito-diz-acrefi