Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 23/04/2014 02:10

Investir por conta própria tem sido melhor que previdência

Pesquisa mostra que entre 2005 e 2011 os fundos de previdência tiveram menor retorno do que os fundos de renda fixa comuns e conservadores.

São Paulo – Mesmo depois de passar por todo o sufoco para entender se a melhor opção para você é o PGBL ou o VGBL, a tabela regressiva ou progressiva do imposto de renda, qual é o modelo de resgate e os custos envolvidos, o seu plano de previdência ainda pode trazer um retorno menor do que um fundo de renda fixa conservador e bem menos complexo, daqueles fartamente oferecidos a investidores pessoa física.

Essa é a conclusão da dissertação “Análise de Performance de Fundos de Investimento em Previdência”, elaborada por Tânia Amaral para o curso de mestrado da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

O estudo mostrou que, no período de 2005 a 2011, osfundos de previdência tiveram um retorno médio mensal de 0,85%, inferior ao retorno dos fundos de renda fixa, de 0,93%.

Segundo a autora, as maiores taxas de administração dos fundos de previdência em relação aos fundos de renda fixa e a escolha de ativos mais conservadores, como títulos atrelados à taxa Selic, explicam o menor retorno da categoria.

Veja a seguir a tabela apresentada na dissertação de Tânia Amaral que resume o retorno médio mensal dos fundos entre 2005 e 2011:

 Fundos de renda fixaFundos de previdênciaSelic
Média 0,93 0,85 1,01
Mediana 0,87 0,80 0,95
Desvio-padrão 0,42 0,36 0,25
Observações 8.736 4.368 --
% da Selic 92% 84% --

*Retorno médio mensal já descontada a taxa de administração e sem o desconto do imposto de renda.

**Mediana é uma medida de tendência central que indica exatamente o valor central de uma amostra de dados e atenua os efeitos de valores muito discrepantes.

Fonte: Dissertação de mestrado “Análise de Performance de Fundos de Investimento em Previdência”, elaborada por Tânia Amaral.

E veja nesta segunda tabela os retornos médios detalhados ano a ano:

AnoTipo de fundoTx. de adm. médiaTx. de adm. medianaRetorno médio*Retorno mediano*
2005 Previdência 1,61% 1,50% 1,30% 1,32%
Renda fixa 1,74% 0,65% 1,33% 1,40%
2006 Previdência 1,57% 1,50% 1,05% 1,01%
Renda fixa. 1,37% 0,50% 1,14% 1,09%
2007 Previdência 1,47% 1,50% 0,83% 0,79%
Renda fixa 0,98% 0,50% 0,86% 0,87%
2008 Previdência 1,42% 1,50% 0,85% 0,83%
Renda fixa. 0,91% 0,50% 0,90% 0,91%
2009 Previdência 1,40% 1,50% 0,72% 0,68%
Renda fixa 0,83% 0,45% 0,79% 0,75%
2010 Previdência 1,34% 1,20% 0,76% 0,72%
Renda fixa 0,80% 0,45% 0,80% 0,78%
2011 Previdência 1,29% 1,00% 0,86% 0,83%
Renda fixa 0,82% 0,45% 0,87% 0,89%

*Retorno médio mensal já descontada a taxa de administração e sem o desconto do imposto de renda.

Fonte: Dissertação de mestrado “Análise de Performance de Fundos de Investimento em Previdência”, elaborada por Tânia Amaral.

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/investir-por-conta-propria-tem-sido-melhor-que-previdenicia