Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 28/04/2017 08:43

Número de pessoas que não pagarão suas contas é recorde

Mais da metade das famílias paulistanas estão endividadas

Numero-de-pessoas-que-nao-pagarao-suas-contas-e-recorde-televendas-cobranca

Mais da metade das famílias paulistanas estão endividadas

A parcela de paulistanos que diz não ter condições de pagar as contas no próximo mês alcançou 8,7%, o maior patamar desde outubro de 2006, segundo a Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo).

Mais da metade das famílias paulistanas (50,2% ou 1,941 milhão) disseram ter algum tipo de dívida em março. A Fecomercio explica que, depois do uso dos recursos adicionais do 13o salário para quitar as dívidas, era natural que o número de famílias endividadas voltasse a subir. A inadimplência também voltou a crescer e atingiu 17,5% em março, alta de 1 ponto percentual na comparação com fevereiro.

Para os consumidores com contas em atraso, 56,2% deles afirmaram ter contas vencidas há mais de 90 dias e 23,5% têm contas atrasadas entre 30 e 90 dias, enquanto que 19,5% do total de famílias estão com dívidas por até 30 dias.

O principal tipo de dívida continua sendo o cartão de crédito, que foi utilizado por 70,5% das famílias paulistanas em março. Em seguida, estão os carnês (13,9%), seguido pelo financiamento de carro e casa, ambos com 12,2%, crédito pessoal (11%), cheque especial (7,1%) e crédito consignado (4,6%).

Fonte: http://www.televendasecobranca.com.br/cobranca-2/numero-de-pessoas-que-nao-pagarao-suas-contas-e-recorde-73211/