Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 12/09/2017 09:21

Bancos vão adotar medidas preventivas contra inadimplência

Bancos vão monitorar evolução do endividamento de clientes com muitas contas a pagar

Os bancos adotarão novas regras para negociação de dívidas de seus clientes. As mudanças foram aprovadas na semana passada pelo Conselho de Autorregulação Bancária da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e entram em vigor em 180 dias.

As novas diretrizes atingem os clientes adimplentes (que pagam as contas em dia), mas estão altamente endividados. O objetivo é evitar que esses clientes caiam na inadimplência.

Para esses clientes, os bancos terão políticas de monitoramento do endividamento, com adoção de medidas ativas e preventivas, além de orientação financeira.

A nova regra também prevê atendimento especial a casos de dívidas causadas por situações de risco, como desemprego, morte, doença grave ou divórcio. Para esses casos, os bancos vão oferecer propostas específicas para reestruturação das dívidas, com parcelamentos e liquidações antecipadas.

Segundo a Febraban, a mudança vai facilitar o acesso a informações sobre a evolução da dívida e prazo para retirada do nome do consumidor dos cadastros de inadimplentes.

Dados do Banco Central mostram que a taxa de inadimplência no crédito livre passou de 5,9% em maio para 5,6% em junho. Para pessoa física, a taxa de inadimplência passou de 5,9% em maio para 5,8% em junho. No mesmo mês do ano passado, estava em 6,2%.

Fonte: http://www.aserc.org.br/2017/09/11/bancos-vao-adotar-medidas-preventivas-contra-inadimplencia/