Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 16/10/2017 11:33

Inadimplência sobe R$ 10 bi em 1 ano nos bancos públicos

Em 12 meses, os bancos públicos tiveram um aumento de R$ 10,4 bilhões nas taxas de inadimplência – atrasos superiores a 90 dias nos pagamentos de financiamentos.

Em 12 meses, os bancos públicos tiveram um aumento de R$ 10,4 bilhões nas taxas de inadimplência – atrasos superiores a 90 dias nos pagamentos de financiamentos. Os índices de calote nas instituições, como Banco do Brasil, Caixa e BNDES, saltaram de 2,8% para 3,5%. O movimento é oposto ao registrado pelos bancos privados, que viram a inadimplência em sua carteira de crédito registrar uma queda de R$ 6,1 bilhões, passando de 5,1% para 4,6%. Para especialistas, a piora na situação tem como causa principalmente os empréstimos a grandes empresas e setores que sucumbiram à crise ou ao envolvimento na Lava Jato. Os bancos públicos reconhecem que a recessão e problemas corporativos estão por trás do aumento do calote, mas notam, porém, que os números têm melhorado nos últimos meses. Para os bancos estatais, o pior já ficou para trás.

R$ 6,1 bilhões foi quanto caiu a inadimplência na carteira de crédito dos bancos privados, que historicamente sempre tiveram taxas superiores às dos públicos.

Fonte: http://www.aserc.org.br/2017/10/16/inadimplencia-sobe-r-10-bi-em-1-ano-nos-bancos-publicos/