Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 23/11/2017 08:24

Brasileiros da classe C apostam no consórcio para a construção de patrimônio

Carros e motos são os tipos de consórcios mais procurados pelos brasileiros, como aponta pesquisa de associação do setor

• Carros e motos são os tipos de consórcios mais procurados pelos brasileiros, como aponta pesquisa de associação do setor

• O segmento de automóveis alcançou 16% de aumento em relação ao ano de 2016, segundo a BR Consórcios

• Com mais de 70 mil clientes ativos em todo o país, a BR Consórcios vendeu 20,78% mais de consórcios em 2017, comparado com 2016

As vendas de consórcios bateram em julho o recorde do ano, com 202,5 mil novas adesões e 9% de crescimento, segundo dados da Associação de Administradoras de Consórcios (ABAC). As classes C e D concentram a maior parte dos investidores nesse tipo de financiamento, que em 83% dos casos é utilizado para comprar carros e motos, como aponta a ABAC.

As vendas gerais da BR Consórcios (www.brconsorcios.com.br), empresa com mais de 70 mil clientes ativos em todo o país, alcançaram 20,78%% de aumento no período acumulado de janeiro a setembro de 2017 na comparação com o mesmo período do ano passado. O segmento de automóveis alcançou 16% no período. O consórcio de imóveis aumentou em 28,1% as vendas durante os nove meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2016, como informa Rodolfo Montosa, diretor-geral da BR Consórcios.

O executivo explica que o mercado vem crescendo, pois, a aquisição de cartas de crédito para o consórcio de automóveis, imóveis e motos tornou-se uma forma segura para a construção de patrimônio dos brasileiros, já que muitos deles ainda não adquiriram o hábito de poupar mensalmente. Ao mesmo tempo, alerta que é preciso entender sobre como funciona e cuidados na hora de escolher uma empresa.

Montosa lembra que o consórcio é uma associação de dois ou mais indivíduos com o objetivo de participar de uma atividade de partilha de recursos para atingir um objetivo comum. “Funciona como um sistema de compra parcelada e programada de um bem onde um grupo de participantes organizado por uma empresa administradora rateiam o valor do bem desejado pelo número de meses de parcelamento por meio de autofinanciamento”, justifica. “O primeiro passo para comprar uma cota de consórcio é procurar uma empresa autorizada e fiscalizada pelo Banco Central, pois, o sistema de consórcio conta com legislação específica”, completa o executivo.

Além disso, diz Montosa, o consórcio é mais acessível ao bolso do brasileiro, pelo fato de não ter juros, apenas o pagamento de uma taxa. É composto de taxa de administração (custo operacional para a administradora administrar os grupos, formação de assembleias e entrega de bens), fundo de reserva (utilizado para suprir a inadimplência do grupo) e o seguro de vida (que cobra morte ou invalidez permanente do consorciado). “Hoje trabalhamos com o prazo máximo de 200 meses para imóveis, 84 meses para automóveis, 60 meses para motocicletas e 100 meses para caminhões. Esses tipos de consórcios possuem vários grupos com características diferentes para atender a necessidade de cada pessoa”, argumenta.

SOBRE A BR CONSÓRCIOS www.brconsorcios.com.br

A empresa iniciou suas operações em 2012, com o objetivo de unir e fortalecer operadoras de consórcios que desejam expandir sua atuação. Seu modelo de negócio agrega administradoras dentro de uma mesma plataforma, sendo pioneiro no Brasil. Tem sua sede administrativa em Londrina (PR) e conta com cerca de 500 funcionários diretos. As empresas associadas à BR Consórcios são: Consórcio União, Consórcio Araucária, Consórcio Santa Emília, Consórcio Saga, Consórcio Lyscar, Mapfre Consórcios e Rede Lojacorr Consórcios. As empresas possuem, juntas, uma carteira de mais de 70 mil clientes ativos.

Nos últimos anos, a BR Consórcios projeta a ampliação dos seus canais de distribuição com a adesão de novos associados e parcerias. Para alcançar essa meta, além de manter suas equipes próprias de vendas, tem firmado novas parcerias para vendas de cotas de consórcios com empresas dos mais diversos setores, entre elas revendedores de automóveis, concessionários de motocicletas, corretoras de seguros, imobiliárias e empresas especializadas na venda de consórcios.

Fonte: http://abac.org.br/sistema/noticiasTextuais/1_(201711163127)maxpress.pdf