Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 02/01/2018 10:45

Brasileiros estão empenhados em quitar as dívidas, aponta pesquisa do BCG

Levantamento também indica que os consumidores aderiram à tendência de trade-down como forma de reduzir gastos

Mais de 30% da renda dos brasileiros tem sido destinada ao pagamento de dívidas. Essa é a estratégia para quitar débitos usada por 44% dos entrevistados no Consumer Sentiment Brazil 2017, pesquisa realizada pelo BCG (The Boston Consulting Group) há quase uma década e que ouviu, nesta edição, 2.060 consumidores no país. Segundo o BCG, o resultado desse cenário é uma notável resistência dos brasileiros em continuar gastando no mesmo ritmo que antes da crise.

De acordo com a consultoria, os planos de cortar gastos discricionários atingiram os níveis históricos mais elevados, com 76% dos brasileiros determinados a gastar menos este ano. Além disso, 76% dos entrevistados também demonstraram intenção de cortar do orçamento itens desnecessários e 81% disseram que iriam prestar mais atenção a promoções. “O número de entrevistados que recorreram a mudanças em seus hábitos de compra como medida de economia tem aumentado consistentemente ao longo dos anos, atingindo um pico na pesquisa deste ano”, diz Daniel Azevedo, sócio do BCG e autor do levantamento, que reflete o sentimento público neste novo cenário e seus efeitos no consumo varejista nacional.

À medida em que os níveis de consumo continuam a cair drasticamente, a percepção de frequência de compras em lojas de varejo também parece estar sofrendo. Em comparação com o ano anterior, diz a pesquisa, consumidores comprando alimentos relataram visitar supermercados de desconto (hard discounters) mais frequentemente e comprar menos em hipermercados e supermercados tradicionais. “Nossa pesquisa aponta que 46% dos consumidores afirmam ter comprado mais itens promocionais em 2016 que em 2015, e 48% esperam comprar ainda mais desses itens este ano”, aponta Azevedo, ressaltando que promoções de vendas podem servir como principais alavancas de negócios para os varejistas.

Fonte: http://www.aserc.org.br/2017/12/22/brasileiros-estao-empenhados-em-quitar-as-dividas-aponta-pesquisa-do-bcg/