Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 26/01/2018 01:53

Valor da parcela é um dos itens que é levado em conta na hora da decisão

Pesquisa revela que 59% das pessoas entrevistadas estão interessadas em comprar a casa própria em 2018 por meio do sistema de consórcio

Pesquisa revela que 59% das pessoas entrevistadas estão interessadas em comprar a casa própria em 2018 por meio do sistema de consórcio. O estudo mensal sobre perspectivas para o Ano Novo foi feito pela QuorumBrasil por solicitação da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). Foram mais de mil entrevistados em quatro capitais no país (Rio, São Paulo, Recife e Porto Alegre). O levantamento constatou que 2017 não derrubou o ânimo do brasileiro em relação às possibilidades de construir um futuro melhor.

Os entrevistados estão confiantes e esperam que os governos, local ou federal, colaborem com ações que mantenham o crescimento econômico, o controle inflacionário e a retomada do emprego. No último trimestre, houve uma combinação positiva de notícias desse tripé e gerou a expectativa positiva no contexto geral do país e no pessoal. "A continuidade registrada nos negócios, tanto nas vendas como nos créditos comercializados, confirma que o consumidor está cada vez mais consciente sobre a essência da educação financeira, especialmente quando opta por aderir a um grupo de consórcio, um compromisso de longo prazo", diz Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da Abac.

De acordo com os dados da QuorumBrasil, no critério de escolha dos consorciados ativos, a maior razão apontada para adesão foi o valor da parcela, com 38,3%, dado que ratifica a responsabilidade no cumprimento do pagamento de suas prestações. Os resultados do segmento imobiliário em outubro foi expressivo, com a comercialização de 30 mil cotas. Além disso, o tíquete médio subiu de R$ 130,8 mil (outubro 2016) para R$ 139,9 mil (outubro 2017), o que representa aumento de 7%. O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também ajudou muitos trabalhadores que optaram em adquirir a casa própria pelo sistema de consórcio.

Foram 2.089 empregados que recorreram a mais de R$ 112 milhões do fundo para usar parte ou integralmente o dinheiro da conta vinculada na modalidade. Já em número de cotistas, são mais de 800 mil participantes ativos até outubro contra 784 mil se comparado ao mesmo período de 2016. No consórcio, há cobrança de taxa de administração e fundo de reserva, mas não há juros e nem saldo devedor. A contemplação da carta de crédito acontece por meio de sorteio ou lance para adquirir o bem mais rápido.

Fonte: http://abac.org.br/sistema/noticiasTextuais/1_(201801190932)ademi.pdf