Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 02/05/2018 03:43

Saindo da crise? Segmento de Consórcio apresenta alta no primeiro trimestre

Só nos primeiros 22 dias úteis do ano, a média diária de cotas atingiu 8,3 mil vendas

A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios – ABAC – divulgou recentemente que o setor de Consórcio começou 2018 registrando crescimento, em relação ao ano passado – houve um crescimento de 3,4% nas vendas de novas cotas.

Segundo o Panorama do Sistema de Consórcio, divulgado pelo Banco Central, esse bom desempenho segue, desde 2009, um histórico de crescimento.

No volume de créditos comercializados, houve um aumento de 8,3%, evoluindo de R$ 6,47 bilhões – mesmo período no ano passado – para R$7,01 bilhões de reais. Diferente de um Financiamento comum, na modalidade de consórcio pode-se destacar o fato de que não há cobrança de juros, apenas uma taxa de administração que é diluída entre todos os meses do plano adquirido, além é claro, que é possível optar entre diferentes opções de valores e prazos.

Hoje, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul, representam mais da metade dos consorciados ativos, sendo que SP e MG lideram em quantidade dos consociados ativos desde 2009.

Com o crescimento do segmento, é natural que o número de inadimplentes cresçam. O perfil deste inadimplente é bem diferenciado, o que exige uma negociação especializada onde seja levada em consideração as nuances e peculiaridades do sistema de consórcio.

A crescente do sistema de consócio mostra que cada dia mais, o consumidor passa a ter controle sobre sua vida Financeira e procura formas onde se pague menos juros para se adquirir um bem.

Fonte: http://abac.org.br/sistema/noticiasTextuais/1_(201804274504)amazonas.pdf