Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 16/07/2018 09:27

Atrasei a parcela do consórcio e agora?

Ao entrar para o consórcio, você certamente terá escolhido um plano com parcelas ideais para o seu orçamento

Ao entrar para o consórcio, você certamente terá escolhido um plano com parcelas ideais para o seu orçamento. Afinal, o Sistema permite essa flexibilidade de valores e tempo. Porém, todos nós sabemos que alguns imprevistos podem sempre acontecer. 

Atrasei a parcela do consórcio e agora?

Primeiramente, procure a sua administradora e tente fazer um acordo. A empresa certamente fará o possível para ajudá-lo. Se você ainda não tiver sido contemplado e perceber que não conseguirá pagar as prestações, você pode optar por um bem de menor valor. Assim, sua prestação ficará menor, na mesma proporção do valor do bem ou serviço escolhido. Outra opção é transferir sua cota para outra pessoa.

É importante saber também o que pode acontecer com o consorciado que não estiver em dia com suas parcelas. É importante lembrar que o consórcio é a arte de poupar em conjunto. Isso quer dizer que, nesse mecanismo, várias pessoas se reúnem em um grupo para contribuir mensalmente com uma parcela pré-estabelecida e formar uma poupança única, da qual todos os participantes, após serem contemplados por sorteio ou lance, poderão usar o dinheiro para comprar um bem ou contratar um serviço.

Por isso, a fim de garantir a segurança e o direito de compra dos demais participantes do grupo, o consorciado que estiver com atraso ou falta de pagamento:

  • Não poderá participar do sorteio e/ou lance, dependendo do que estiver acordado no contrato com a administradora;

  • Se já tiver sido contemplado, mas ainda não usado o crédito, poderá ter a contemplação cancelada por decisão da Assembleia Geral Ordinária;

  • Se já tiver a posse do bem ou a contratação do serviço, poderá ter as garantias fornecidas executadas pela administradora;

  • Se ainda não tiver sido contemplado, poderá ser excluído do grupo, conforme estabelecido no contrato. Neste caso, o consorciado continuará participando dos sorteios e a administradora devolverá a quantia paga ao fundo comum quando ele for contemplado. Do valor a ser restituído, poderá ser aplicada cláusula penal pela quebra de contrato;

  • Não poderá votar nas Assembleias Gerais Extraordinárias.

Compre o seu carro através do consórcio!

Você sabia que o consórcio é uma modalidade de compra planejada totalmente segura? Através dele é possível comprar o carro dos seus sonhos e economizar até 60% se comparado a outras formas de compra parcelada. 

Fonte: https://www.jornaldoconsorcio.com.br/atrasei-a-parcela-do-consorcio-e-agora