Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 31/07/2018 09:15

5 curiosidades sobre o uso de crédito no consórcio

O consórcio é uma modalidade de acesso ao crédito que possui legislação própria e diversas normas editadas pelo Banco Central

O consórcio é uma modalidade de acesso ao crédito que possui legislação própria e diversas normas editadas pelo Banco Central. Vamos revelar 5 curiosidades sobre a utilização do crédito do consórcio.

5 curiosidades sobre o uso de crédito no consórcio

1. Você pode adquirir bens usados: No uso de créditos vinculados à aquisição de veículos automotores e imóveis, é possível adquirir bens usados ou seminovos. A administradora poderá fixar, em contrato, regras quanto ao tempo de uso dos bens.

2. Você pode adquirir outro bem e o fornecedor que desejar: Mesmo que seu contrato seja referenciado em determinado bem, você pode adquirir outro, desde que pertencente à mesma categoria. 

3. Você pode retirar o crédito em dinheiro: Você pode receber o crédito do consórcio em dinheiro desde que tenha quitado todo o saldo devedor e passado 180 dias da data da assembleia de contemplação. 

4. Você pode usar o crédito para quitar financiamento: É possível utilizar o crédito do consórcio para quitação total de financiamento de sua titularidade de bens e serviços possíveis de serem adquiridos por meio do crédito obtido. Por exemplo: o crédito referenciado em veículo não pode ser utilizado para quitação de financiamento de imóvel, apenas de veículo. Essa possibilidade está sujeita à prévia aprovação da administradora e ao atendimento de condições estabelecidas no contrato.

5. Você pode usar até 10% do valor do crédito para outros fins: O consórcio permite que você use até 10% do valor do crédito para pagamento de despesas relacionadas à aquisição do bem ou do serviço. São exemplos: transferências de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguro.

Fonte: https://www.jornaldoconsorcio.com.br/5-curiosidades-sobre-o-uso-de-credito-no-consorcio