Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 09/09/2014 09:54

Inadimplência registra alta de 5,09%

Brasília - A inadimplência nas vendas a prazo voltou a acelerar em agosto deste ano, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Brasília - A inadimplência nas vendas a prazo voltou a acelerar em agosto deste ano, de acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), divulgados ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Os calotes aumentaram 5,09% em relação a agosto de 2013, diz a CNDL. Em julho, a alta da inadimplência era de 4,43% na comparação anual. 

Em relação a julho deste ano, a inadimplência em agosto subiu 0,28%. De acordo com os dados do SPC, havia pelo menos 55 milhões de CPFs de consumidores com dívidas atrasadas no mês passado. Não há prazo mínimo para que a conta vencida entre nesse índice. Um só dia de demora, por exemplo, já pode levar o débito para essa contabilização. Em média, no entanto, entram nesse cálculo dívidas com um mês ou mais em atraso. Para a CNDL, o resultado reforça a tendência de crescimento da inadimplência até o fim de 2014 devido à alta da inflação, o encarecimento do crédito e a deterioração da confiança de empresários e consumidores. 

A quantidade de parcelamentos em atraso também cresceu em agosto, com expansão de 6,13% em relação ao mesmo mês do ano passado. Em julho, o ritmo de crescimento era de 5,29%. Na comparação mensal, a quantidade de atrasos subiu 0,35% em agosto ante julho deste ano. 

Entre os compromissos vencidos entre 181 e 360 dias, a expansão em agosto foi de 5,18% em relação ao oitavo mês de 2013. Em contrapartida, os atrasos inferiores a 180 dias recuaram na mesma comparação, indicando que os consumidores em débito não conseguiram quitar suas dívidas e acabaram entrando no primeiro grupo, de atrasos mais longos.

http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--1097-20140909&tit=inadimplencia+registra+alta+de+509