Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 18/12/2014 09:09

Cheques sem fundo recuam com 13º salário na economia, diz Serasa

Percentual de devoluções foi de 1,93% em novembro, menor que outubro. Roraima liderou ranking estadual nos primeiros 11 meses do ano.

O percentual de devoluções de cheques sem fundos foi de 1,93% no mês de novembro, menor que a devolução de 1,97% registrada em outubro, segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. Em novembro do ano passado, o percentual foi de 2% do total de cheques compensados. Em outubro, foi de 1,97%. Nos primeiros 11 meses deste ano, o índice chega a 2,05%. No mesmo período do ano passado, foi de 2,01%.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a entrada da primeira parcela do 13º salário na economia contribuiu para o recuo da inadimplência com cheques em novembro. Entretanto, o cenário mais adverso neste ano (juros mais altos, economia em estagnação e enfraquecimento do nível de emprego) tem mantido a inadimplência com cheques no acumulado deste ano em 2,05% de janeiro a novembro em patamar ligeiramente superior ao verificado no mesmo período do ano passado (2,01%).

Roraima liderou o ranking estadual dos cheques sem fundos nos primeiros 11 meses do ano, com 11,21% de devoluções. São Paulo, por sua vez, foi o estado com o menor percentual (1,26%). Entre as regiões, a Norte foi a que liderou o ranking, com 4,55% de cheques devolvidos, ao passo que a região Sudeste foi a que apresentou o menor percentual (1,48%).

http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2014/12/cheques-sem-fundo-recuam-com-13-salario-na-economia-diz-serasa.html