Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 05/01/2015 02:57

Atraso de dívidas é maior, diz SPC

Levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) Brasil mostra que os idosos atrasam mais dívidas do que os jovens no País.

Levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) Brasil mostra que os idosos atrasam mais dívidas do que os jovens no País. Segundo o estudo, existem cerca de 6,3 milhões de pessoas entre 18 e 24 anos com restrições no CPF por conta de atrasos financeiros, ou seja, 26% da população nesta faixa etária. Com relação à população entre 65 a 84 anos, são quase 3,8 milhões de inadimplentes, o que representa pouco mais de 27% dos brasileiros nesta faixa de idade. As diferenças quanto à pesquisa do Serasa acontecem porque o SPC considera dívidas de qualquer valor a partir de um dia de atraso. 

Entre os idosos, o indicador revela que contas básicas, como água e luz, representam 15,88% dos débitos, enquanto entre os jovens o índice é de apenas 1,53%. Por outro lado, os jovens ganham destaque nas dívidas com o comércio (28%), que caem para 16% entre a terceira idade. Na avaliação da economista-chefe do SPC, Marcela Kawauti, o aumento da expectativa de vida do brasileiro e a permanência no mercado de trabalho e de consumo explicam o aumento da população idosa nos cadastros de inadimplentes. (C.F.)

http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--319-20150104&tit=atraso+de+dividas+e+maior+diz+spc