Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 12/02/2015 09:22

'Prévia do PIB' aponta queda de 0,12% em 2014, segundo BC

A atividade econômica no Brasil recuou 0,12% em 2014, de acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira (12). Só em dezembro, a queda foi de 0,55%.

A atividade econômica no Brasil recuou 0,12% em 2014, de acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira (12). Só em dezembro, a queda foi de 0,55%.

Os dados são do IBC-Br, calculado pelo Banco Central e considerado uma prévia do PIB (Produto Interno Bruto) oficial, que é divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em 2013, o BC mediu crescimento de 2,57% da atividade econômica; o PIB oficial do IBGE mostrou alta de 2,5%.

O IBC-Br incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária. Ele é divulgado todo mês; o PIB oficial é trimestral.

IBC-Br

O índice é elaborado mensalmente pelo BC e é considerado uma prévia do PIB (Produto Interno Bruto) --que é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a cada trimestre e leva a um resultado anual. 

O indicador do BC é visto pelo mercado como uma antecipação do resultado do PIB, e serve de base para investidores e empresas adotarem medidas de curto prazo. Porém, não necessariamente reflete o resultado anual do PIB e, em algumas vezes, distancia-se bastante.

O indicador do BC leva em conta a trajetória das variáveis consideradas como bons indicadores para o desempenho dos setores da economia (agropecuária, indústria e serviços).

A estimativa do IBC-Br incorpora a produção estimada para os três setores acrescida dos impostos sobre produtos. O PIB calculado pelo IBGE, por sua vez, é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país durante certo período.

http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2015/02/12/previa-do-pib.htm