Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 24/03/2015 09:51

Vendas parceladas na Páscoa devem ter redução de 2,5%

O volume de vendas parceladas na semana da Páscoa deste ano deve ter uma redução de 2,5% em relação à mesma semana do ano passado, de acordo com pesquisa feita pela CNDL e pelo SPC Brasil

São Paulo - O volume de vendas parceladas na semana da Páscoa deste ano deve ter uma redução de 2,5% em relação à mesma semana do ano passado, de acordo com pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Caso a estimativa se confirme, será a primeira queda nas vendas para a data em seis anos.

O desempenho negativo, de acordo com as entidades, é explicado pelo baixo crescimento da atividade econômica brasileira. A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, diz ainda que a piora nos dados de emprego e o movimento de alta da inflação e dos juros também devem afetar negativamente as vendas. "A inflação em patamar elevado diminui o poder de compra do consumidor e impacta no desempenho das vendas", explica a economista-chefe do SPC Brasil.

O presidente da CNDL, Honório Pinheiro, destacou, em nota, que a Páscoa tradicionalmente funciona como uma prévia não só para o Dia das Mães, como para o desempenho da atividade comercial ao longo do ano. "Como todos os indicadores de confiança dos empresários e dos consumidores apontam que 2015 deverá ser um período difícil para o varejo, devemos observar quedas nas vendas a prazo em algumas datas comemorativas deste ano", afirmou.

 

http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--2506-20150324&tit=vendas+parceladas+na+pascoa+devem+ter+reducao+de+25