Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 07/04/2015 02:13

Avalie seu sofrimento com inadimplência

Cerca de 54 milhões de pessoas começaram 2015 inadimplentes, o que representa aproximadamente 40% da população adulta, segundo a Serasa Experian, empresa de informações financeiras.

Cerca de 54 milhões de pessoas começaram 2015 inadimplentes, o que representa aproximadamente 40% da população adulta, segundo a Serasa Experian, empresa de informações financeiras.
 
Nem toda dívida é descontrolada, mas é preciso ficar atento e se fazer algumas perguntas: você gasta mais do que ganha? Já ficou nervoso e começou brigas em casas por saber que não conseguirá pagar?
 
Esse teste foi criado para avaliar o sofrimento psicológico provocado pelo endividamento excessivo e ajudar as pessoas a identificá-lo.
 
Desenvolvido pela Serasa em parceria com o Ambulatório de Transtornos do Impulso, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, apresenta perguntas que causam reflexão sobre os danos gerados pela falta de controle nas finanças. As questões foram criadas a partir de estudo da Organização Mundial da Saúde adaptado ao Brasil.
 
Avalie sua saúde financeira 
 
Superendividamento afeta saúde física e psicológica; veja se a sua pode estar comprometida no teste da Serasa
 
Parte 1
 
Responda SIM ou NÃO:
 
1. Você gasta mais de 30% da sua renda com o pagamento de prestações como da casa, carro, carnês, crédito pessoal, consignado ou cartão?
 
2. Da sua renda, mais de 15% está comprometida com financiamentos sem garantias (como casa ou crédito consignado)?
 
3. Acha que não consegue pagar todas as dívidas sem comprometer o sustento da família?
Caso tenha respondido SIM para uma dessas perguntas, faça o teste seguinte para ver se as suas dívidas interferem no estado emocional
 
Parte 2
 
Responda SIM ou NÃO:
 
1. Tem dores de cabeça frequentes?
2. Tem falta de apetite?
3. Dorme mal?
4. Assusta-se com facilidade?
5. Tem tremores na mão?
6. Sente-se nervoso(a), tenso(a) ou preocupado(a)?
7. Tem má digestão?
8. Tem dificuldade de pensar com clareza?
9. Tem se sentido triste ultimamente?
10. Tem chorado mais do que de costume?
11. Encontra dificuldades para realizar com satisfação suas atividades diárias?
12. Tem dificuldades para tomar decisões?
13. Tem dificuldades no serviço (seu trabalho é penoso, causa sofrimento)?
14. É incapaz de desempenhar um papel útil em sua vida?
15. Tem perdido o interesse pelas coisas?
16. Você se sente uma pessoa inútil, sem préstimo?
17. Tem pensado em acabar com a própria vida?
18. Sente-se cansado(a) o tempo todo?
19. Tem sensações desagradáveis no estômago?
20. Você se cansa com facilidade?
 
Avaliação
 
Se respondeu de 1 a 5 vezes SIM: sinal verde
 
Apesar das suas dívidas, seu estado emocional não está comprometido.
 
Se respondeu de 6 a 20 SIM: sinal vermelho
 
É possível que suas dívidas estejam interferindo no seu estado emocional. Recomenda-se a ajuda de um psicólogo ou profissional de saúde e aconselhamento financeiro.
 
http://www.aserc.org.br/avalie-seu-sofrimento-com-inadimplencia