Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 25/05/2015 09:32

Trabalhador poderá investir FGTS em dívida

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve aprovar, nesta terça (26), a liberação de R$ 10 bilhões para reforçar o caixa do BNDES no financiamento de obras.

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve aprovar, nesta terça (26), a liberação de R$ 10 bilhões para reforçar o caixa do BNDES no financiamento de obras de infraestrutura. O socorro ao banco permitirá que o trabalhador destine até 30% do seu saldo no FGTS para a aplicação em um fundo de investimento focado em infraestrutura, que terá rendimento superior aos 3% mais TR (Taxa Referencial) do fundo de garantia. A expectativa é que o novo fundo tenha retorno próximo de 7% mais TR. Para isso, o conselho do FGTS deverá permitir que o fundo FI-FGTS, que já usa recursos do conjunto de trabalhadores para financiar projetos de infraestrutura, compre títulos de dívida de sete anos (conhecidos como debêntures) do BNDES.

 

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/trabalhador-podera-investir-fgts-em-divida-6vs1oprfnxf6y3lj04i1lggae