Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 03/06/2015 09:25

Endividamento das famílias cai, mas ainda é sinal de alerta para o consumo

índice de famílias endividadas em Campo Grande caiu para o menor índice dos últimos três meses.

Índice de famílias endividadas em Campo Grande caiu para o menor índice dos últimos três meses. De acordo com pesquisa divulgada hoje pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), em maio 62,1% das famílias tinha compromissos parcelados. Veja Mais Após atingir maior valor em 2 meses, dólar fecha em queda e vai a R$ 3,17 Balança comercial registra maior superávit para o mês de maio desde 2012 Cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros são as principais dividas entre as famílias campo-grandenses. Mas o cartão de crédito continua sendo o campeão, correspondendo por 65% dos inadimplentes. As famílias endividadas que estão com contas em atraso também ficou estável, com ligeira redução, de 30,6% a 30,3%. Porém, as que disseram que não terão condições de pagar passaram de 10,1% a 13,6%. Para o presidente da Fecomércio-MS, Edison Araújo, apesar da leve recuperação do nível, a situação ainda não é de comemoração. "O momento é de cautela porque o indicador de inadimplência desta vez ficou maior, alerta.

 

http://aserc.org.br/endividamento-das-familias-cai-mas-ainda-e-sinal-de-alerta-para-o-consumo