Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 15/09/2015 11:06

Inadimplência do consumidor tem alta de 16,7% em agosto, diz Serasa

A inadimplência do consumidor apresentou alta de 16,7% em agosto em comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Serasa Experian.

A inadimplência do consumidor apresentou alta de 16,7% em agosto em comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Serasa Experian. No acumulado do ano até agosto, na comparação com o mesmo período do ano anterior, o índice subiu 16,9%. Já na comparação com julho, houve queda de 2,8%.
 
Segundo os economistas da Serasa Experian, a alta da inadimplência neste ano em relação ao ano passado, característica que vem predominando deste o início deste ano, é causada pelo cenário econômico bastante adverso à quitação das dívidas do consumidor: taxas de inflação, de juros e de desemprego bem mais altas neste ano. Já a queda em relação a julho é explicada pela menor quantidade de dias úteis em agosto (21 contra 23).
 
Na decomposição mensal do indicador, a inadimplência não bancária (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) registrou aumento de 2,6% e contribuição de 1,2 p.p em agosto. As dívidas com os bancos, porém, puxaram o índice para baixo, com queda de 7,4% e contribuindo negativamente com 3,4 p.p.
Os títulos protestados também registraram baixa de 3,0%, contribuindo com -0,1%. Da mesma forma, os cheques sem fundos tiveram queda de 9,7%, com contribuição negativa de 0,5%.
 
O valor médio das dívidas não bancárias apresentou alta de 22,5% nos primeiros oito meses do ano, na comparação com o mesmo período de 2014. Os valores médios dos cheques sem fundos e da inadimplência com os bancos também cresceram 9,7% e 1,4%%, respectivamente. Já o valor médio dos títulos protestados registrou queda de 2,9%.
 
 
http://aserc.org.br/inadimplencia-do-consumidor-tem-alta-de-167-em-agosto-diz-serasa