Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 13/11/2015 03:16

Demanda do consumidor por crédito recuou 2,4% em outubro

Mulher corta cartão de crédito: os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 registraram recuo de 2,2%. Já entre os consumidores com renda de R$ 2.000 a R$ 5.000 a queda foi de 2%

Tramvaen/Thinkstock
Mulher corta cartão de crédito

Mulher corta cartão de crédito: os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 registraram recuo de 2,2%. Já entre os consumidores com renda de R$ 2.000 a R$ 5.000 a queda foi de 2%

São Paulo - A procura dos brasileiros por crédito caiu. Pesquisa da Serasa Experian mostra que o número de consumidores que buscaram crédito caiu 2,4% em outubro ante setembro.

Quando a comparação é com outubro de 2014, a queda é de 8,5%. Já no acumulado do ano a procura teve alta de 1,9%, quando comparado com igual intervalo de 2014.

Por meio de nota divulgada à imprensa, os economistas da Serasa avaliaram que o encarecimento das condições de crédito, a elevação dos níveis de desemprego e as contínuas quedas dos níveis de confiança dos consumidores são os motivos do recuo na demanda.

 
 

 

Todas as faixas de rendimento reduziram a procura por crédito em outubro. Na comparação com setembro, aqueles que recebem até R$ 500 e os consumidores com renda entre R$ 500 e R$ 1.000 tiveram baixa de 2,6%.

Os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 registraram recuo de 2,2%. Já entre os consumidores com renda de R$ 2.000 a R$ 5.000 a queda foi de 2%.

Para os que recebem entre R$ 5.000 e R$ 10.000 e os que têm salário acima de R$ 10.000, a baixa foi de 1,9%.

A demanda do consumidor por crédito, na comparação entre outubro e o mês anterior, teve a maior baixa na região Nordeste (-7,8%), seguida do Sul (-3,4%), Norte (-2,9%) e Sudeste (-0,4%). Já o Centro-Oeste registrou estabilidade na busca por crédito em outubro ante setembro.

 

Fonte: http://exame.abril.com.br/economia/noticias/demanda-do-consumidor-por-credito-recuou-2-4-em-outubro