Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 20/11/2015 04:20

Economia estará melhor em um ano, diz Marcio Holland

Economista Márcio Holland: "Daqui a um ano, a economia brasileira deve estar numa situação melhor e poderemos ver a luz no fim do túnel"

Nova York - O economista e ex-secretário do Ministério da Fazenda Marcio Holland destacou nesta quinta-feira, 19, em Nova York, a possibilidade de um cenário positivo na economia brasileira para o fim de 2016.

O economista foi um dos convidados do Lemann Dialogues 2015, evento realizado pela Universidade Columbia, em Nova York, que reúne acadêmicos do Brasil e do mundo para discutir questões econômicas e políticas públicas brasileiras.

"A situação de agora é uma combinação de muitos fatores: crise política, recessão e crise fiscal que acontecem ao mesmo tempo no Brasil. Por ser um país viciado em commodities, o Brasil fica vulnerável a alterações externas", disse Holland. "Daqui a um ano, a economia brasileira deve estar numa situação melhor e poderemos ver a luz no fim do túnel."

Apesar de citar um curto prazo dramático para a economia, com possibilidade de rebaixamento do rating do país, Holland salientou a possibilidade de dissipação da pressão inflacionária já no primeiro semestre de 2016.

"Até lá, o governo deverá ter apresentado resultados fiscais e ter gastos cortados. Estamos ameaçando os benefícios sociais quando não pensamos em como torná-los sustentáveis", defendeu o economista, que se diz otimista quanto ao futuro.

Com o tema "Inovação no setor público brasileiro", o evento também teve a participação da ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

A ministra destacou a implantação de programas sociais recentes, como o Bolsa Verde, que transfere renda a famílias rurais, e o Programa Cisternas, que beneficia 1,2 milhão de famílias com caixas d?água para armazenar água da chuva em áreas do semiárido nordestino.

Partidos

Um dos temas debatidos no evento foram as consequências políticas do alto número de partidos no país. Albert Fishlow, professor de Economia da Universidade Columbia, fez críticas ao sistema partidário no Brasil.

"A melhor reforma para o país é se livrar dos inúmeros partidos que desintegram o sistema político brasileiro", disse.

Nesta sexta-feira, 20, a ex-candidata à presidência Marina Silva será uma das palestrantes do evento. O Lemann Dialogues acontece anualmente na Universidade Columbia desde 2010, e é promovido pela própria universidade e pela Fundação Lemann

 

Fonte: http://exame.abril.com.br/economia/noticias/economia-estara-melhor-em-um-ano-diz-marcio-holland