Associado
ASERC - Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito

Informativo

Publicado em 29/04/2016 02:29

Desemprego sobe a 10,9% no 1º trimestre, no maior patamar da história

SÃO PAULO - A taxa de desemprego brasileira subiu para 10,9% no trimestre encerrado em março

SÃO PAULO - A taxa de desemprego brasileira subiu para 10,9% no trimestre encerrado em março, somando 11,1 milhões de pessoas em busca de um trabalho, segundo a

Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado é o maior patamar da série

histórica, iniciada em 2012.

No trimestre anterior, encerrado em fevereiro, a taxa de desocupação era de 10,2%. No período de outubro a dezembro, a taxa ficou em 9%.

O número de pessoas desocupadas cresceu 22,2% em relação ao quarto trimestre de 2015 e saltou 39,8% em relação ao primeiro mesmo trimestre do ano passado.

A parcela de trabalhadores com carteira assinada recuou 2,2% ante o quarto trimestre de 2015 e teve queda de 4% em relação ao período de janeiro a março do ano

passado.

O rendimento médio real habitual ficou estável na comparação trimestral e anual e caiu 3,2% na relação anual, com R$ 1.961.

 

Fonte: O Financista