Publicado em 27/08/2020 11:00

Carteira de cobrança

O que você precisa saber para fazer uma boa gestão

A inadimplência no Brasil tem crescido a cada dia. De acordo com os dados informados pelo Serasa Experian em fevereiro deste ano, o número de brasileiros inadimplentes chegou a 63,8 milhões, resultando em um aumento de 2,6% com relação ao mesmo período de 2019. 

Essas informações foram divulgadas com perspectivas de melhora na economia do país, porém em um contexto bem diferente do que estamos vivendo. Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, a taxa de desemprego aumentou, gerando também um aumento no número de devedores.

Por conta do cenário atual, muitas empresas estão em busca de ferramentas para lidar com os clientes em débito, recorrendo a terceirizadas especializadas em gestão de recebíveis. Realizar um  bom gerenciamento da carteira de cobrança é essencial para se obter sucesso no recebimento de dívidas.

O que é uma carteira de cobrança? 

A partir da contratação de uma empresa especializada em gestão de recebíveis, a carteira de cobrança é encaminhada para que os contatos com os clientes em débito se inicie. As chamadas carteiras de cobrança são as listas de devedores e suas informações para contato. 

Além de dados para contato com o cliente, a carteira de cobrança informa o valor inicial, o valor da dívida, o tempo de atraso e os juros aplicado.

A importância da gestão da carteira de cobrança

Realizar uma cobrança não é algo simples. Como a inadimplência tem causas variadas, o sucesso de recebimento está intimamente ligado a maneira como a abordagem é realizada. 

A gestão de cobrança precisa ser realizada de forma eficiente para se alcançar resultados satisfatórios. O contato deve ser feito por uma equipe treinada, respeitando a legislação e os direitos dos clientes.

A melhor forma de gerenciar uma carteira de cobrança

Assim que a empresa terceirizada recebe os dados de cadastro dos clientes em débito, se torna responsável pela segurança dos mesmos. 

Garantida a segurança, os dados serão segmentados para assegurar que o contato seja realizado de maneira ordenada (a segmentação pode ser feita pelo tempo de atraso, valor da dívida, ticket médio ou outros). 

Com os dados organizados, aplica-se a régua de cobrança, o que garante qualidade sobre o melhor momento e a melhor ferramenta para abordar o cliente. Com isso, também é possível estabelecer a frequência das ligações, garantindo maior produtividade no trabalho dos operadores de cobrança.

Outra ferramenta que garante um bom trabalho é a automatização dos processos, ou seja, um bom sistema de gerenciamento das carteiras. Assim é possível mensurar os resultados, gerindo melhor o tempo dos operadores, descartando ligações improdutivas.

Quer saber mais sobre como funciona todo o processo de cobrança de dívidas? Acesse www.agilizarecebiveis.com.br ou ligue (43) 3878-7000. 

Solicite mais informações

Estamos sempre a disposição